No que acreditamos

Descubra como é trabalhar no Vivaldi,

e no que acreditamos.

No que acreditamos

Um navegador que se adapta a si, e não o contrário.

Acreditamos que muitas pessoas querem personalizar e modificar cada bocadinho dos seus navegadores para o tornarem seu. Querem aceder a ferramentas avançadas sem sacrificarem a performance ou a sua segurança. E querem ser ouvidas.

"Estamos a construir um navegador que é poderoso, pessoal e flexível. Um navegador que se adapta a si, e não o contrário."

A nossa missão

Como o fazemos

Uma comunidade incrível de voluntários e uma dose saudável de experiência a construir navegadores.

O nosso fundador e diretor-executivo, Jon von Tetzchner, já estava a criar um navegador antes de muitas pessoas terem ouvido falar da internet. Acreditamos em auto-organização e colaboração entre departamentos e projetos. Mas não o fazemos sozinhos. Contamos com uma comunidade incrível de voluntários por todo o mundo que nos ajuda a testar, traduzir e espalhar a palavra.

"Respeite todos, questione tudo, seja criativo e faça as coisas."

Os nossos princípios

Localizações

Temos (até ao momento) pessoas de 16 nacionalidades a trabalhar em sete países, com escritórios na Noruega, Islândia e EUA.

Oslo, Noruega

A nossa sede fica no coração de Oslo, junto a uma bela cascata. É isso mesmo, uma cascata verdadeira, e até pode pescar algum salmão norueguês no rio, se isso fizer o seu género.

Equipa do Vivaldi no escritório em Oslo
Equipa do Vivaldi no escritório em Reiquejavique

Reiquejavique, Islândia

Os nossos escritórios na Islândia ficam na Casa da Inovação, uma incubadora local de empresas emergentes fundada pelo Jon. A nossa equipa Islandesa tem uma vista para o oceano de cortar a respiração, e muita inspiração para desenvolver o Vivaldi.

Magnolia, EUA

A nossa casa nos EUA fica perto de Boston, na Casa da Inovação de Magnolia – uma casa confortável transformada numa central tecnológica. Em todos os verões, a nossa equipa junta-se aqui para um mês de bolos e programação.

A casa branca do Vivaldi em Magnolia, EUA

Estamos no controlo

A Vivaldi pertence aos seus empregados.
E planeamos continuar assim.

Não havendo investidores externos dá-nos liberdade para ouvir os nossos utilizadores e, juntamente com eles, construir o navegador que eles merecem. Todas as ideias contam e são levadas a sério.

1 200 000+
Utilizadores ativos (e a aumentar)
400 000+
Membros da comunidade
0
Investidores externos